Resumo: O tratamento dos defeitos ósseos verticais do rebordo alveolar é considerado como um
grande desafio aos cirurgiões, mesmo nos dias atuais. Sendo assim, o objetivo deste trabalho foi
avaliar, por meio de radiografias panorâmicas, o ganho ósseo em altura em sítios reconstruídos
através da técnica de osteotomia sandwich na região posterior de mandíbulas com atrofia óssea
vertical. A amostra foi constituída de 8 pacientes (média de 46 anos de idade), onde foram realizados
11 procedimentos reconstrutivos. Os pacientes foram submetidos a exames com radiografias
panorâmicas no período pré-operatório e após 4 meses da realização do enxerto, nas quais foram
realizadas medições para avaliar o ganho vertical obtido. Os resultados mostraram ganho vertical
satisfatório em todos os casos (média de 5.13 mm). Três pacientes relataram parestesia pósoperatória,
resolvida espontaneamente após 3 meses. No momento da instalação dos implantes,
os materiais interpostos entre os segmentos osteotomizados (osso autógeno + biomaterial)
encontravam-se em processo avançado de incorporação. Um total de 31 implantes foi instalado
nas regiões enxertadas, sendo a maioria com 10 mm de comprimento. Em conclusão, a técnica
de osteotomia sandwich mostrou-se eficaz para ganho em altura, possibilitando a instalação de
implantes de maior comprimento. INT J ORAL MAXILLOFAC IMPLANTS – edição em português 2016;1:278-283.
Doi: 10.20432/jomi278.

Criteria Biomateriais

Contate nos

Informações de contato

Rua Silvania, 141
Vila Nova Conceição, Sp, 04513-000.

+0800 735 7350

Siga nossas sociais

Qual produto relacionado a sua dúvida?

Deseja o contato de um consultor Critéria?

6 + 6 =

Share This