Enquanto a pandemia não chega ao fim, o melhor a se fazer é tomar medidas para que a empresa possa sobreviver em plena crise, porque ao mesmo tempo em que o isolamento social alivia o sistema de saúde, cria instabilidade para o cenário econômico.

 

Nessa semana, vamos listar 5 dicas práticas da nossa vivência no mercado odontológico que estão agregando nos resultados:

 

  1. Adapte seus serviços à situação atual

Além de adotar o esquema parcial de home office com os funcionários, a pandemia demanda criatividade e inovação. Se sua empresa trabalha com o modelo B2C, provavelmente está encarando diversas dificuldades. Reúna sua equipe e faça um brainstorm para coletar ideias de como solucionar os problemas atuais, porque o coletivo sempre tem uma visão de sua área e isso facilita os decisores a entenderem o melhor modelo para cada setor.

 

Exemplos de incentivos ao consumo que podem fazer que sua empresa se destaque e tenha recursos:

  • Campanhas para os clientes por setor (financeiro e comercial);
  • Otimizar sua rede social com postagens, lives e campanhas;
  • Melhorar ou montar seu e-commerce;

 

  1. Encontre leads e novos clientes

Manter os clientes durante este período é importante, mas há também espaço para a captação de novos. Aproveite o momento para construir uma nova rede de contatos e reúna esforços para gerar novos leads, isso fará com que você forme um grupo de clientes com o qual possa contar após o fim da pandemia, e ainda se posicione à frente dos concorrentes.

Uma boa dica é ter uma pessoa na sua equipe somente para essa função.

 

 

  1. Invista em ações de marketing tendo a epidemia em mente

Direcione suas ações de marketing para divulgar produtos e serviços que sejam úteis, principalmente se tiverem sido projetados para os momentos de pandemia. Aumente seu portfólio para produtos com esse fim: face shields, testes de covid, máscaras, luvas e outros acessórios de prevenção ao vírus, que com certeza ajudarão seu faturamento.

 

Uma coisa é certa, no fim da pandemia, os hábitos dos clientes terão mudado. É provável que práticas como a compra online se consolidem mesmo após o fim das medidas de isolamento social.

 

  1. Não deixe transparecer que você parou, muito menos que está sem esperanças

 Garanta que seu público saiba que seus negócios continuam operando. Ligue para seus clientes, ative seu financeiro (se puder mantenha os juros longe das negociações, para mostrar solidariedade), desenvolva campanhas, faça reuniões virtuais com seus clientes e se envolva com soluções participativas.

 

  1. Faça seu planejamento com base em diferentes cenários

Do cenário mais otimista ao mais pessimista, tente estar preparado para o que der e vier. Desenvolva soluções para os desafios listados no item anterior e faça diversas simulações com as mais diferentes perspectivas possíveis. Assim, você evita que surjam mais surpresas que possam prejudicar o seu negócio ao longo do caminho.

 

 

 

*Texto escrito e adaptado por Ari Macêdo. Fontes bibliográficas: Delloite Consult, Harvard Business Review, Infomoney

Autor do post:

Ari Macedo

Ari Macedo

Gerente Comercial

MBA em Controladoria e Gestão de Empresas
Formado Direito e Administracao de empresas

Envie um email

Criteria Biomateriais

Contate nos

Informações de contato

Rua Silvania, 141
Vila Nova Conceição, Sp, 04513-000.

+0800 735 7350

Siga nossas sociais

Qual produto relacionado a sua dúvida?

Deseja o contato de um consultor Critéria?

2 + 13 =

Share This